segunda-feira, 18 de novembro de 2013

não importa o quão ruim eu me sinta, meu coração não para de bater e meus olhos se abrem pela manhã.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário